domingo, 29 de janeiro de 2012

Dicas: alugando um imóvel para o Carnaval



Aviso aos navegantes que, mesmo não oficialmente, o carnaval aqui em Pernambuco já começou. Não só pelos blocos que já desfilam por aí, mas pelo clima festivo que permeia as conversas da hora do cafezinho. E é nessa hora que começam as dúvidas: qual fantasia usar? Ir para um hotel, pousada ou procurar casas para alugar?

Como os hotéis preparam pacotes carnavalescos com precinhos sem nenhum senso de humor, uma boa opção é juntar uma turma animada e recorrer ao aluguel de temporada.

Se essa foi sua opção para curtir ou fugir do carnaval, aqui vão algumas dicas para não ter bronca na hora da locação:

  • Observe a localização. É próximo de mercados, restaurantes, farmácias? Qual a relação da localização x custo de deslocamento?

  • Decida qual é o seu perfil. É no centro da folia? Faz muito barulho à noite? Vou conseguir ter uma boa noite de sono?

  • Veja com seus próprios olhos (ou de um amigo). Fotos de anúncio costumam ser bem atrativas, mas podem não refletir a realidade. Visite o imóvel e observe o estado de preservação. Se a visita não for possível, solicite fotos detalhadas e recentes do lugar (interior e fachada).

  • Exija um contrato.

  • Não se assuste se for pedido um cheque-caução como garantia contra algum estrago que venha a acontecer.  Dica: escreva no verso do cheque a sua finalidade.

  • Juntamente com o proprietário faça uma lista de tudo que está na casa (móveis, utensílios, eletrodomésticos etc). Isso evita que aconteça algum mal-entendido e que você seja cobrado por algo que nunca esteve lá. Aproveite esse momento para testar se o chuveiro não está com a resistência queimada ou se a geladeira está funcionando direitinho, por exemplo.

  • Não esqueça a segurança. O imóvel é tranquilo mas é afastado demais da civilização? As portas, janelas e portões oferecem segurança?


É isso. Espero que as dicas tenham sido úteis :)

Bjocas!!!

quinta-feira, 12 de janeiro de 2012

Gravlax

As fatias do gravlax devem estar fininhas, o macro da minha câmera deixou tudo parecendo gigante =P kkkkk

Comi pela primeira vez na minha viagem pra Finlândia (contei aqui) e desde então acreditei que seria só uma lembrança. Quando vi a receita no Pitadinha não pensei duas vezes em correr para conseguir os ingredientes e fazer logo meu Gravlax!

Não consegui achar o endro fresco, então usei o desidratado mesmo (comprei na Casa dos Frios). Ah, o endro é também chamado de dill e aneto =)

Dica: Para comer com torradinhas, fiz um molho super bom misturando:

  • Mostarda

  • Mel Karo

  • Tiquinho de açúcar

  • Shoyo

  • Pimenta do Reino

  • Endro



Essa aqui foi outra forma de saborear o gravlax: couscous marroquino temperadinho com folhinhas de hortelã e manjericão, pimenta do reino, sal e azeite =)


Confiram como fazer lá no Pitadinha! Além de super saudável é delicioso ;)

Delineador de canetinha Océane




Ganhei esse delineador da Océane e adorei. Além de secar rapidinho e durar bastante tempo, gostei mesmo porque é fácil de usar. Não é todo mundo que tem a mão firme ou que tem tempo pra fazer o traço com muito cuidado, então essa canetinha é uma prática opção =) Recomendo!!!

sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Costelas com molho Barbecue



Vim deixar uma dica pra vocês: Costela com molho Barbecue da Seara. Ótima para dias de preguiça, visitas repentinas, unhas recém-pintadas e comilança em tempo recorde =)

Achei no Sam´s Club por R$22,00 e minha irmã comprou no Carrefour por R$19,00. E digo que vale a pena pelo sabor, preço e praticidade =) Com 30 min de forno está pronta!!! Ah, e lembra a do Outback sim ;)




Quem experimentar me conta se gostou!

Bjocas.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Destino: Galinhos RN



Nas minhas últimas férias, eu, meu marido e um casal de amigos nos aventuramos pelas dunas do Rio Grande do Norte para conhecer um paraíso chamado Galinhos. O nome do povoado de Galinhos surgiu naturalmente na boca do povo, em referência ao pequeno tamanho dos peixes-galos existentes na área (Wikipedia).

Galinhos fica em uma península a aproximadamente 164 Km de Natal e é uma cidade de pescadores. Basicamente existem duas formas de chegar: deixar seu carro em uma praia próxima chamada Pratagil e fazer a travessia de barco (20 min) ou, com veículo 4x4, encarar as dunas e areia de praia durante a maré baixa. Como o acesso não é fácil, as praias são praticamente desertas e a natureza é preservada. Os moradores vivem da pesca, extração do sal e cultivo de camarão. As dunas, salinas e os manguezais formam diferentes cenários que encantam os turistas que podem passear pela vila a pé ou usando o táxi local, a charrete (jegue-táxi).

O lugar é incrível, vale super a pena conhecer. Mas se você puder ir de carro e fazer o percurso pela trilha é muito mais legal e emocionante. Quem precisar de mais informações sobre como fazer esse passeio de carro, me manda um email ;)

Fizemos Recife - Natal e depois Natal - Galinhos. Essa foi a trilha do passeio a partir de Natal:


A península mais de pertinho:












Curtiram?